Aumenta preocupação com segurança dos Jogos

LONDRES

, O Estado de S.Paulo

09 de agosto de 2011 | 00h00

A menos de um ano da abertura dos Jogos Olímpicos de 2012, a onda de violência em Londres levantou dúvidas em muitos britânicos a respeito da segurança e do policiamento da capital durante o evento. "É fácil imaginar como a polícia estaria no limite se um problema grave como esse ocorresse durante os Jogos Olímpicos", disse Tony Travers, especialista em administração municipal da London School of Economics. "Certamente, o caso vai criar uma preocupação a mais dentro da prefeitura e do Ministério do Interior."

O futuro Parque Olímpico - um gigantesco complexo de 2,5 quilômetros quadrados que abrigará o Estádio Olímpico, o centro de imprensa, as piscinas, o velódromo e os ginásios de basquete e handebol - está sendo construído ao lado de Hackney, local dos mais violentos distúrbios de ontem.

Em privado, membros do Comitê Organizador dos Jogos admitem que os distúrbios são um sinal da volatilidade de Londres. Oficialmente, ninguém quis comentar a respeito do assunto para não estabelecer nenhuma ligação entre a violência e o evento.

Cerca de 12 mil policiais estarão trabalhando todos os dias na segurança dos Jogos - a um custo total de US$ 770 milhões. Em julho de 2005, um dia após Londres ser escolhida como sede da Olimpíada de 2012, três explosões no metrô e uma em um ônibus mataram 52 pessoas na capital britânica. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.