Aumenta pressão para magnata desistir de fusão

LONDRES

, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2011 | 00h00

Com apoio da coalizão de governo e da oposição trabalhista, o Parlamento britânico deve aprovar hoje uma moção para pedir que o magnata Rupert Murdoch desista de concluir a aquisição do canal a cabo British Sky Broadcasting (BSkyB), em meio ao escândalo de violação de sigilo protagonizado pelos jornais do empresário. "A Câmara acredita que é de interesse público que Rupert Murdoch e a News Corp. desistam da compra da BSkyB", diz o texto da moção.

O gabinete do premiê David Cameron divulgou um comunicado no qual afirma que o Partido Conservador votará a favor da moção, que será apresentada pelos trabalhistas e não tem poder de proibir o negócio. "A decisão cabe à News Corp., mas esperamos que levem o Parlamento a sério", disse o porta-voz de Cameron, Steve Field.

Para o líder da oposição, o trabalhista Ed Miliband, apesar de a votação ter valor simbólico, é importante que o Parlamento se posicione sobre o caso. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.