Aumenta tensão na fronteira entre Síria e Turquia

O comando da Força Aérea da Turquia afirmou nesta segunda-feira que seis caças F-16 decolaram da base aérea de Incirlik, sudeste do país, em resposta à helicópteros da Síria voando perto da fronteira.

AE, Agência Estado

02 de julho de 2012 | 11h56

Em comunicado publicado no site do Estado Maior, os militares afirmam que os helicópteros sírios - identificados como aeronaves de assalto Mi8 e Mi17, de fabricação russa - chegaram a 3,2 quilômetros da fronteira entre os países, levando os caças a decolar imediatamente. O comunicado não informa se os helicópteros estavam sendo usados para transporte ou armados para realizar ataques.

No domingo ocorreram três incidentes parecidos, afirma o Exército turco. Seis jatos da Turquia decolaram em reposta à helicópteros operando a apenas 6,4 quilômetros da fronteira.

Apesar da crescente tensão, iniciada após um jato turco ter sido derrubado por forças sírias no dia 22 de junho, analistas dizem que são pequenas as chances de acontecer uma guerra entre os dois países, já que o governo turco não estaria preparado para arcar com um conflito potencialmente longo e sangrento. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
TURQUIASÍRIATENSÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.