Aumenta tensão na Indonésia

A tensão aumentou hoje na Indonésia com a manifestação de milhares de pessoas que apóiam o presidente Abdurrahman Wahid. Os manifestantes, que protestavam contra uma tentativa de afastar o mandatário, agiram em quatro cidades da região leste da província de Java, atacando um campus universitário e ateando fogo em escritórios do Partido Golkar, do ex-presidente Suharto - hoje na oposição. Os ataques ocorreram poucas horas depois de o Parlamento ter levantado, mais uma vez, a possibilidade de abrir um processo criminal contra Wahid ao entregar à Procuradoria um relatório que envolve o presidente em dois casos de corrupção.O mesmo documento foi a base para um voto de censura contra Wahid na semana passada. De acordo com o relatório, Wahid teria desviado para uso próprio uma doação de US$ 2 milhões feita pelo sultão de Brunei. No outro escândalo, envolvendo US$ 4 milhões, o presidente, segundo seus acusadores, teriam ajudado um amigo a conseguir um contrato com o governo. O presidente nega as duas acusações.Hoje, segundo a polícia, cerca de 10.000 manifestantes incendiaram comitês partidários do Golkar nas cidades de Situbondo e Asembagus. De acordo com o sargento Bagus Riuadi, não houve registro de feridos. Na cidade de Gresik, milhares de pessoas jogaram pedras contra instalações da Universidade Muhamadiyah, que é administrada por um grande grupo muçulmano que apóia Amien Rais, o presidente do maior corpo legislativo da Indonésia, que pediu a renúncia de Wahid.Os ataques ocorreram apesar do pedido de calma feito pelo próprio Wahid. "O presidente desaprova qualquer atitude violenta", disse Wimar Witoelar, um porta-voz do chefe de Estado. A região leste de Java abriga a maior organização muçulmana da Indonésia, Nahdlatul Ulama, com 30 milhões de membros, que era liderada por Wahid até ele assumir a presidência há 15 meses.

Agencia Estado,

05 de fevereiro de 2001 | 13h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.