Czarek Sokolowski/AP
Czarek Sokolowski/AP

Auschwitz recebeu 1,4 milhão de visitantes em 2011

Número representa recorde para memorial do Holocausto, que enfrenta problemas de conservação

Associated Press

06 de janeiro de 2012 | 09h46

VARSÓVIA - A diretoria do memorial de Auschwitz-Birkenau anunciou nesta sexta-feira, 6, que um número recorde de 1,4 milhões de pessoas visitaram o antigo campo de concentração nazista da Segunda Guerra Mundial em 2011. O número, afirmam os responsáveis pelos local, reiteram o complexo como um dos mais visitados na Europa como memória do conflito dos anos 1940.

 

Enquanto o grande número de visitantes é visto como importante para o conhecimento sobre o Holocausto, o fluxo de turistas mostra-se também uma preocupação para a manutenção do local. Muitas das estruturas já necessitam de restauração por causa do desgaste e os responsáveis pelo memorial disseram que estão fazendo o possível para preservá-lo.

 

O museu de Auschwitz afirmou que a maioria dos visitantes que passaram pelo local no ano passado eram da Polônia, onde ficava o campo de concentração, mas turistas de nações como Itália, Grã-Bretanha, Israel, Alemanha, França e Estados Unidos também compõem boa parte dos turistas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.