Ausência de Correa adia cúpula

A Colômbia deve anunciar nos próximos dias, formalmente, o adiamento da reunião da Comunidade Sul-Americana de Nações (Unasul), marcada para os dias 28 e 29, em Cartagena. O encontro será suspenso por causa da recusa do presidente do Equador, Rafael Correa, a pisar em solo colombiano no momento em que a crise entre os dois países - aberta com o ataque da Colômbia a uma base das Farc em território equatoriano - ainda não está totalmente superada. Ontem, em antecipação ao comunicado formal de Bogotá, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou a iniciativa de cancelar sua participação no encontro - que deve ser reprogramado para os próximos meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.