Austrália anuncia imposto para cobrir prejuízos da chuva

A primeira-ministra da Austrália, Julia Gillard, colocou em risco a popularidade de seu governo minoritário ao anunciar um novo imposto, que levantará 1,8 bilhão de dólares australianos (US$ 1,79 bilhão) a fim de ajudar a financiar a reconstrução do Estado de Queensland, que foi devastado por chuvas e inundações, sem ter de aumentar o déficit no orçamento do país.

AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 11h40

O anúncio foi feito enquanto o governo australiano começa a fazer as contas do prejuízo causado pelo pior desastre natural no país em décadas, que deve eliminar cerca de 5,6 bilhões de dólares australianos do orçamento e reduzir o crescimento econômico em 0,50 ponto porcentual no ano fiscal que termina em junho deste ano.

O imposto temporário, que será aplicado aos australianos que ganharem mais de 50 mil dólares australianos no próximo ano fiscal, vai custar cerca de 1 dólar australiano por semana para quem tem renda anual de 60 mil dólares australianos, aumentando para 5 dólares australianos para quem recebe 100 mil dólares australianos por ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Austráliaenchentesimposto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.