Austrália confirma a morte de 13 pessoas em queda de avião

Modelo Twin Otter da Airlines PNG fazia rota muito utilizada por turistas australianos no Oceano Pacífico

Efe,

12 de agosto de 2009 | 02h07

Um helicóptero de resgate localizou nesta quarta-feira, 12, os restos do pequeno avião que desapareceu terça-feira no leste de Papua-Nova Guiné e os corpos dos 11 passageiros e dois tripulantes que viajavam a bordo, como confirmou o primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd.

 O avião, um modelo Twin Otter da Airlines PNG, levava nove australianos, um japonês e três papuas, e se dirigia para a rota histórica de Kokoda, depois de ter saído da capital, Port Moresby. 

A rota de Kokoda, conhecida por suas espetaculares vistas e por ter sido palco de uma batalha durante a Segunda Guerra Mudial, é muito popular entre os australianos.

 

Texto atualizado às 3h11.

 

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Nova Guinéavião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.