Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Austrália deve examinar presença no Iraque no fim do ano

O governo da Austrália deverá examinar sua presença armada no Iraque no fim do ano, anunciou o ministro da Defesa do país, Brendan Nelson.As declarações do alto funcionário foram feitas depois que as autoridades japonesas anunciaram na terça-feira (segunda-feira em Brasília) a retirada de seus 600 engenheiros militares aos quais as tropas australianas prestavam proteção na província iraquiana de Al Muthanna, no sul do país.As tropas australianas terão novas funções como treinar e apoiar as tropas iraquianas em tarefas de defesa da fronteira e operarão na base aérea americana de Tallil, nos arredores de Nassiriya, disse Nelson à emissora Channel 7."Caso governo provisório iraquiano desempenhe bem a gestão de seus assuntos e sua própria segurança em Al Muthanna, espero que no final de ano possamos começar a pensar no desdobramento futuro", disse Nelson.A Austrália, um dos principais aliados dos Estados Unidos em sua campanha contra o terrorismo, desde o princípio participou da coalizão internacional que invadiu o Iraque para terminar com o regime de Saddam Hussein.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.