Austrália discute economia e segurança com o Japão

O primeiro-ministro da Austrália, John Howard, viaja neste domingo ao Japão para uma visita oficial de quatro dias, na qual assinará um acordo de segurança e falará do tratado de livre-comércio que ambos os países começarão a negociar em 23 de abril.O governante descartou que o pacto em segurança que, segundo ele, transformará o Japão no segundo principal aliado nessa matéria da Austrália, depois dos Estados Unidos, vá repercutir nas "boas relações" com o gigante chinês.O acordo, que deve ser assinado pelo primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, proporcionará aos dois países uma cooperação mais ampla na defesa, na segurança e na inteligência.Ainda não foram discutidos alguns detalhes do pacto, que alguns analistas acham que servirá para uma maior cooperação bilateral na crise provocada pelo programa nuclear da Coréia do Norte."Uma das razões que tornou possível o avanço desta declaração conjunta é a estreita cooperação da Austrália e do Japão no Iraque", disse Howard na sexta-feira à imprensa em Sydney.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.