Austrália duplicará o número de soldados no Afeganistão

A Austrália pretende enviar um contingente de 450 soldados ao Afeganistão, segundo revelou o jornal The Australian, nesta quinta-feira, embora a informação não tenha sido confirmada pelo governo.O jornal informou que o comitê de segurança nacional já aprovou o posicionamento de um grupo de forças especiais e apoio adicional à província de Oruzgan. Conforme a sua avaliação, o governo poderia mandar cerca de 500 soldados, helicópteros e uma equipe de radar aéreo.No entanto, o ministro da Defesa, Brendan Nelson, declarou à rede de televisão Seven Network que o país enviará "um pequeno grupo" de soldados ao Afeganistão para determinar se é necessária uma força maior para enfrentar os talebans."É muito importante evitar que os talebans recuperem a sua força no Afeganistão. A Austrália está muito preocupada com as atividades da Al Qaeda no país", disse o ministro.Ele lembrou que a Austrália está no Afeganistão porque lá foram treinados os responsáveis pelos atentados de 2002, na ilha indonésia de Bali, que mataram 202 pessoas, entre elas dezenas de australianos.Na segunda-feira passada, o primeiro-ministro, John Howard, anunciou que a Austrália enviará de 50 a 70 instrutores ao Iraque e que manterá suas tropas no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.