Austrália: pessoas deixam cidade por incêndio em mina

Idosos, crianças e grávidas foram aconselhados nesta sexta-feira a evacuar a cidade australiana de Morwel, envolta por fumaça e cinzas de uma mina de carvão que está incendiando há quase três semanas.

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2014 | 18h29

A diretora de saúde do Estado de Victoria, Rosemary Lester, disse que os moradores vulneráveis foram aconselhados a deixar Morwel como medida de precaução, porque o incêndio na mina de carvão Hazelwood deve lançar fumaça na região por pelo menos mais 10 dias.

Rosemary afirmou que trabalhadores de saúde ainda não tinham relatado efeitos graves sobre a saúde das pessoas em decorrência da fumaça e que não houve forte aumento das ligações para ambulâncias ou internações hospitalares. Mas, segundo ela, quanto mais tempo as pessoas mais vulneráveis passarem em meio às finas partículas de fumaça, mais risco correm.

Além de idosos com idade acima de 65 anos, crianças em idade escolar e

mulheres grávidas, pessoas com problemas de coração e pulmão pré-existentes também foram aconselhadas a deixar a cidade temporariamente. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Austráliaincêndiominamorwel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.