Austrália prepara-se para chegada de forte ciclone

Vários poços petrolíferos e de gás natural no Mar do Timor foram fechados

Efe,

16 de dezembro de 2009 | 04h04

Milhares de moradores do litoral noroeste da Austrália começaram a preparar-se para a chegada de "Laurence", um ciclone tropical de categoria 5 - a máxima,segundo a classificação estabelecida pelos meteorologistas - que ameaça semear o caos na região na noite desta quarta-feira, 16.

 

As comunidades das regiões de Kimberley e Kuri Bay, no estado da Austrália Ocidental, foram postas sob alerta vermelha pelos primeiros vendavais, que obrigaram muitos moradores a proteger suas casas e outros a abandoná-las por temor ao temporal, informou a rádio "ABC".

 

O ciclone tocará terra às 20h pelo horário local (7h de Brasília) na ilha de Cockatoo, com ventos de até 285 km/h na região do epicentro e risco de fortes aguaceiros, segundo os meteorologistas, que pediram à população que tome medidas extremas de precaução.

 

A iminente chegada do temporal obrigou o fechamento de vários poços petrolíferos e de gás natural no Mar do Timor, ao norte da Austrália.

Há três anos, o devastador ciclone "Larry" arrasou as costas judiciais do noroeste do país, deixando dezenas de mortos e numerosos danos materiais.

 

Ao mesmo tempo e no sudeste da Austrália, os bombeiros também estão prontos para intervir em possíveis incêndios no estado de Victoria, que sofre fortes ventos e temperaturas superiores aos 40 graus centígrados.

 

Segundo os cientistas, esta quarta-feira, será o dia mais quente desde o "Sábado Negro" do último dia 7 de fevereiro, quando iniciaram os piores fogos na história do país, causando a morte de 173 pessoas e destruindo mais de 2 mil casas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.