Australiano passa o tempo com filmes, exercício e internet

Enquanto seus simpatizantes gritam slogans anti-imperialistas do lado de fora, no primeiro andar do edifício da embaixada equatoriana, na Rua Hans Crescent, em Knightsbridge, Julian Assange, fundador do WikiLeaks, passa seus dias correndo em uma esteira, surfando na internet, lendo, vendo DVDs e descansando debaixo de uma lâmpada que simula raios solares. As informações são do jornal Evening Standard, que entrevistou Vaughan Smith, amiga do australiano.

O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2012 | 03h08

Smith abrigou o ativista em sua casa em Norfolk por mais de um ano quando ele tentava obter na Suprema Corte a anulação de seu processo de extradição para a Suécia. Assange vive na embaixada do Equador desde o dia 19 de junho. Segundo Smith, ele passa seus dias em um pequeno quarto pouco confortável com uma cama de solteiro e um chuveiro improvisado. O ativista estaria lidando bem com o confinamento. / R.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.