Australiano se perde e fica três meses sem ter o que comer

Ricky Megee, 35 anos, da cidade de Brisbane, estava com subnutrição profunda quando foi encontrado na represa em uma propriedade para criação de gado, na região norte da Austrália, no dia 5 de abril. Ele se perdeu depois que seu carro quebrou na estrada. Megee contou que ficou durante três meses sozinho, sem ter o que comer. "Comi parasitas da represa, sapos, gafanhotos, e todo tipo de inseto que ficava próximo de mim", disse a repórteres nesta quinta-feita, após o seu resgate, adicionando que também se alimentou de lagartos. A polícia ainda precisa achar o carro que Megee diz ter quebrado no início de janeiro e confirmar a veracidade de seu relato. O diretor do Hospital de Darwin, para onde ele foi encaminhado, Len Notaras, afirmou que ele chegou ao hospital extremamente abaixo do peso. O tratamento durou cerca de seis dias, e ele foi liberado na terça-feira. "Quando chegou, seu peso estava em torno de 45 quilos, o que é extremamente baixo para o homem de 1 metro e 90. O dono do rancho onde Megee foi encontrado, Mark Clifford, disse que quando o viu ele estava muito fraco. "Ele estava esquelético, realmente magro, e quando os garotos o encontraram ele não podia andar sem tropeçar e cair."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.