Australianos protestam contra taxa do carbono

Medida é o carro-chefe da política ambiental do governo trabalhista.

BBC Brasil, BBC

16 de agosto de 2011 | 20h54

Manifestantes australianos fizeram um protesto em Canberra contra a proposta do governo de taxar as empresas emissoras de dióxido de carbono.

A medida é o carro-chefe da política ambiental do governo trabalhista, que pode afetar até 500 das indústrias mais poluidoras do país, que terão de pagar pela tonelada de carbono emitida

Os críticos dizem que se for aprovada a lei pode implicar em milhares de demissões e acabar com a economia do país, que é muito dependente do carvão.

A oposição esta abraçando a causa dos manifestantes, fazendo duras críticas às taxas de carbono e até pedindo novas eleições.

O governo afirma porém que essa é a melhor maneira de lidar com o aquecimento global. Isso porque a Austrália um dos maiores emissores de carbono entre os países desenvolvidos.

A manifestação desta terça-feira foi apenas um aquecimento de um protesto organizado para semana que vem.

Manifestantes contrários a lei prometeram levar dezenas de caminhões para a cidade, bloqueando diversas avenidas próximas ao parlamento. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
australiameio ambientecarbono

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.