Áustria espera zerar déficit em 2016, diz chanceler

O chanceler austríaco, Werner Faymann, afirmou que espera que o país será capaz de equilibrar o seu orçamento estrutural, o que exclui os efeitos econômicos de curto prazo, em 2016. "Se as condições atuais continuarem, devemos ser capazes de alcançar o déficit zero estrutural em 2016", disse o ministro a um jornal local.

Agência Estado

26 de abril de 2014 | 19h53

O ministro das Finanças da Áustria, Michael Spindelegger, apresentará o próximo orçamento ao gabinete do governo e ao parlamento na próxima terça-feira.

A criação de uma solução para o conturbado banco nacional (o Hypo Alpe-Adria-Bank International) vai aumentar em cerca de ?4 bilhões o déficit total do país neste ano.

Segundo o jornal, o chanceler sinalizou ainda para uma reforma tributária em 2015. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Áustriadéficit

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.