Austronautas do Atlantis saem ao espaço

Dois astronautas do ônibus espacial Atlantis, acoplado ontem à Estação Espacial Internacional, saíram hoje ao espaço para começar a instalação de uma escotilha de vital importância para a posterior ampliação da estação. A primeira, das três saídas planejadas começou com uma hora de atraso. Os dois astronautas, Michael Gernhardt e James Reilly II, ficaram mais de sete horas no espaço para executar sua missão, tendo a seu cargo a difícil tarefa de retirar a escotilha do compartimento de cargas do Atlantis. Para esta missão, eles tiveram de operar o braço-robô da estação. De fabricação canadense, o braco-robô já havia apresentado falhas em ensaios prévios, o que provocou o atraso na saída dos astronautas do Atlantis. A escotilha, de seis toneladas de peso, atuará como "porta de entrada" do complexo orbital e permitirá à tripulação de longa duração entrar e sair da estação sem problemas para realizar trabalhos no exterior. Até hoje, isto só havia sido possível se um ônibus espacial estivesse acoplado à estação. A previsão é de que o ônibus regresse à Terra no próximo dia 23.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.