Ennio Leanza/AP
Ennio Leanza/AP

Autor de ataque em Zurique é encontrado morto e autoridades encerram investigações

Suspeito foi encontrado com uma arma ao seu lado em uma ponte no centro da cidade pouco depois da ação

O Estado de S.Paulo

20 Dezembro 2016 | 09h33

GENEBRA - O autor do tiroteio que aconteceu na segunda-feira em um centro islâmico de Zurique foi encontrado morto e as autoridades da Suíça encerraram a investigação, segundo informações divulgadas nesta terça-feira, 20, pela polícia em sua conta no Twitter.

Os jornais Neue Zürcher Zeitung, Tagesanzeiger e a agência suíça SDA afirmaram que se trata de um homem que foi achado morto com uma arma ao seu lado em uma ponte no centro da cidade pouco depois do ataque.

"Partimos do fato de que a pessoa encontrada morta é o autor do tiroteio no centro islâmico de Zurique", afirmou a polícia em outra mensagem do Twitter, destacando que "não há indícios de um vínculo do autor com o Estado Islâmico (EI)”.

A Promotoria número IV, dedicada a crimes violentos, e a polícia do cantão de Zurique haviam assumido a investigação do tiroteio, que aconteceu na segunda-feira quando um homem armado entrou no fim da tarde no centro islâmico, onde estavam reunidas várias pessoas para rezar, principalmente norte-africanos, somalis e eritreus.

O indivíduo disparou várias vezes contra as pessoas que estavam no local. Três pessoas de 30, 35 e 56 anos ficaram feridas, segundo o Neue Zürcher Zeitung.

O autor fugiu, em direção ao centro da cidade. A polícia isolou a área e organizou imediatamente uma operação ampla de busca.

Os agentes tinham como base as descrições feitas por cidadãos que afirmaram que o homem tinha por volta de 30 anos, trajava roupa escura e um gorro de lã também escuro. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Suíça Terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.