Autor de famosa foto de JFK Jr morre nos EUA

Stan Stearns, o fotógrafo que tirou a famosa foto de John F. Kennedy Jr. saudando o caixão de seu pai durante o funeral do presidente em 1963, morreu nesta na sexta-feira, aos 76 anos, de câncer em um asilo em Harwood, Maryland.

AE - AP, Agência Estado

03 de março de 2012 | 20h29

Stearns foi designado para cobrir o funeral de John F. Kennedy em 25 de novembro de 1963, como fotógrafo da United Press International (UPI, na sigla em inglês). Com uma lente de longo alcance, ele viu quando Jaqueline Kennedy falou alguma coisa no ouvido de seu filho, que faria três anos naquele dia. O garoto, então, se virou para o caixão e fez a saudação. Stearns clicou.

A saudação durou menos de cinco segundos. Embora as câmaras de televisão tenham capturado o momento, a foto de Stearns é que ficou famosa. Mais tarde, ele disse que outros fotógrafos perderam a foto por estarem com as câmaras focadas em Jaqueline Kennedy ou no caixão do presidente.

Stearns deveria ter seguido o funeral até o cemitério de Arlington, mas retornou ao escritório da UPI com seu filme. Nervoso, seu chefe na época perguntou porque ele havia abandonado o funeral. Stearns explicou que tinha a foto do dia.

Stanley Frank Stearns nasceu em 11 de maio de 1935, em Annapolis. Ele trabalhou como fotografo para a Força Aérea e para a UPI, antes de montar seu próprio estúdio.

O enterro está previsto para a terça-feira em Annapolis. Ele não ficou rico com sua famosa fotografia. Ele disse ao Baltimore Sun em 1999 que recebeu 25 dólares pela foto, mas a imagem se tornou parte da história. "A foto que contou toda a história", na opinião de Stearns.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAfotógrafomorteJFK

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.