Autor descreveu o fim da evolução das ideologias

Autor de "O fim da História e o último homem", o cientista político americano Francis Fukuyama (foto) defendeu, após a queda do Muro de Berlim, em 1989, que o liberalismo econômico e político triunfara sobre o comunismo e o socialismo. "O que testemunhamos não é apenas o fim da Guerra Fria ou a chegada de um período histórico de pós-guerra, mas o fim da própria História... Isto é, o ponto final da evolução das ideologias e a universalização da democracia liberal ocidental como forma de governo", escreveu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.