Autores de trote se livram de processo

Promotores britânicos disseram ontem que os dois australianos que passaram um trote para o hospital onde estava Kate Middleton, mulher do príncipe William, não serão alvo de acusação criminal sobre a morte da enfermeira que atendeu o falso telefonema e depois se suicidou. Jacintha Saldanha, de 46 anos, se matou em dezembro, dias após ter caído no trote dos DJs Mel Greig e Christian Michael.

O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.