Autoridade da ONU diz que enchente matou 83 na Coréia do Norte

Enchentes na Coréia do Nortemataram 83 pessoas, deixaram mais de 300 mil desabrigadas,destruíram 58 mil casas e inundaram mais de 90 mil hectares deáreas cultiváveis, disse a vice-chefe de operações de ajuda daOrganização das Nações Unidas (ONU), Margareta Wahlstrom, naquinta-feira. Outras 60 pessoas estão desaparecidas após as tempestades,que destruíram pontes, estações de bombeamento e defornecimento de energia, disse Wahlstrom. A Coréia do Norte, que sofre com uma falta crônica dealimentos há anos, informou que as enchentes destruíramplantações e deixaram seus cultivos de arroz e milho debaixod''água. Segundo dados do Korea Institute for National Unification,a Coréia do Norte produziu 4,8 milhões de toneladas de grãos noano passado e o cultivo de arroz respondeu por metade destemontante. (Por Evelyn Leopold)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.