Autoridade iugoslava é presa acusada de envolvimento em tráfico humano

O vice-procurador-geral de Montenegro, a menor república da Federação Iugoslava, foi preso por acusações de organizar tráfico humano e prostituição, informou um jornal local neste domingo. A polícia confirmou as informações publicadas pelo diário Vijesti Segundo a notícia, Zoran Piperovic foi detido no fim da noite de sábado como parte de uma ampla operação para desbaratar uma rede de tráfico de seres humanos na república balcânica. De acordo com o jornal, diversas pessoas foram detidas nas operações, mas não foram divulgados nomes nem números. A polícia também não se manifestou sobre esses detalhes. Por meio de um comunicado, a polícia informou apenas que Piperovic foi detido e negou as acusações.

Agencia Estado,

01 Dezembro 2002 | 22h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.