Autoridade iugoslava é presa acusada de envolvimento em tráfico humano

O vice-procurador-geral de Montenegro, a menor república da Federação Iugoslava, foi preso por acusações de organizar tráfico humano e prostituição, informou um jornal local neste domingo. A polícia confirmou as informações publicadas pelo diário VijestiSegundo a notícia, Zoran Piperovic foi detido no fim da noite de sábado como parte de uma ampla operação para desbaratar uma rede de tráfico de seres humanos na república balcânica.De acordo com o jornal, diversas pessoas foram detidas nas operações, mas não foram divulgados nomes nem números. A polícia também não se manifestou sobre esses detalhes. Por meio de um comunicado, a polícia informou apenas que Piperovic foi detido e negou as acusações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.