Autoridade na Turquia é agredida após morte de 35 civis

Curdos agrediram no sábado uma autoridade local que pretendia oferecer condolências em um vilarejo no sudeste da Turquia, onde 35 civis foram mortos equivocadamente em um ataque aéreo militar que tinha como alvo rebeldes.

AE, Agência Estado

31 de dezembro de 2011 | 14h31

O espetáculo televisionado de homens dando socos e atirando pedras em Naif Yavuz, um governador distrital, foi a mais recente explosão de fúria sobre os ataques aéreos de quarta-feira e destacou o profundo abismo de confiança entre o Estado turco e os grandes segmentos da minoria étnica curda. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiaagressãoautoridade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.