Autoridade Nacional Palestina busca deter 1.500 do Hamas

Campanha começa em Ramallah e se estende a outras cidades da Cisjordânia

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

A Autoridade Nacional Palestina (ANP) começou nesta quinta-feira, 14, em Ramallah uma campanha de detenções de importantes dirigentes do Hamas, informaram fontes de segurança palestinas.Ao longo do dia deverá se estender a outras cidades da Cisjordânia.As forças de segurança da ANP são leais ao presidente Mahmoud Abbas. A meta dos soldados da Segurança Nacional é deter cerca de 1.500 homens do Hamas listados pelos órgãos de inteligência palestinos. Entre os procurados estão prefeitos do Hamas, universitários e ativistas de organizações beneficentes, além de líderes religiosos.A decisão do presidente palestino é uma resposta à ofensiva lançada pelo grupo islâmico Hamas na Faixa de Gaza, que nos últimos dias tomou a maior parte dos complexos de segurança da ANP.Fontes da Faixa de Gaza citadas pela imprensa palestina disseram que todos os membros do Hamas que não estejam presos em Israel poderão ser detidos. A ordem só será suspensa se o grupo islâmico aceitar uma trégua nas próximas horas.Desde o fim dos anos 90, é a primeira campanha de detenções lançada pela ANP contra membros do Hamas. Na época, vários dirigentes islâmicos, entre eles o ex-ministro Mahmoud Zahar, foram detidos pelos serviços da Segurança Preventiva. Muitos chegaram a ser "torturados", segundo os fundamentalistas.A decisão de lançar a operação foi tomada depois de o Hamas expor abertamente seus planos de "destruir qualquer resquício da ANP em Gaza" e do fracasso das últimas negociações para um cessar-fogo, informaram fontes próximas ao presidente Abbas. Nesta quinta-feira, Abbas deve fazer um discurso à nação anunciando a saída formal do Fatah do governo de união nacional com o Hamas e a declaração do estado de emergência nos territórios palestinos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.