(Photo by MOHAMMED ABED / AFP)
(Photo by MOHAMMED ABED / AFP)

Autoridade Palestina impõe toque de recolher para conter covid-19

Será proibida a circulação de pessoas das 20h às 06h e aos fins de semana

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de julho de 2020 | 16h09

RAMALLAH - A Autoridade Palestina anunciou neste domingo, 12, a aplicação de um toque de recolher noturno nos dias da semana e completo aos finais de semana durante duas semanas para conter o avanço do novo coronavírus após o aumento no número de casos no território palestino.

"Será proibido circular todos os dias entre às 20h e 6h em todas as províncias", assim como também não será permitida a circulação noturna da quinta-feira até a manhã de domingo, anunciou o porta-voz do governo palestino Ibrahim Melhem, em entrevista coletiva.

Ramallah, Hebron, Nablus e Belém, as principais cidades da Cisjordânia ocupada, estarão totalmente fechadas a partir da quinta-feira à noite, e as viagens entre as províncias estarão proibidas por duas semanas, acrescentou. Apenas farmácias e padarias podem permanecer abertas.

"É estritamente proibido a realização de casamentos, funerais e festas", ressaltou Melhem, acrescentando que também está vetada a ida de palestinos, mesmo que a trabalho, nas colônias israelenses na Cisjordânia.

O governo palestino decidiu fechar a Cisjordânia em 3 de julho, e prorrogou a medida alguns dias depois, depois de notar um aumento no número de casos da covid-19.

O Ministério da Saúde registrou oficialmente mais de 6.150 pessoas infectadas com o novo coronavírus, das quais 33 morreram, segundo balanço divulgado neste domingo./ AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.