Autoridade palestina rechaça proposta israelense

O assessor legal da Autoridade Nacional Palestina (ANP) Salah-al-Taamari rechaçou hoje as alternativas propostas por Israel para terminar o cercoà Basílica de Natividade em Belém.Raanan Gissin, um dos assessores do primeiro ministro israelense Ariel Sharon disse hoje que os palestinos poderiam optar entre o exílio permanente em outro país ou apresentar-se diante de um tribunal militar."Israel não tem nenhum direito de propor semelhantes condições", disse Taamari em uma entrevista concedida à cadeia de televisão norte-americana CNN.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.