Autoridade ucraniana diz que míssil atingiu avião

Um conselheiro do Ministério do Interior da Ucrânia disse que um avião de passageiros da Malaysian Airlines, com 295 pessoas a bordo, foi derrubado numa cidade do leste do país. Anton Gerashenko disse em sua página no Facebook que o avião estava a uma altitude de 10 mil metros (33 mil pés) quando foi atingido, nesta quinta-feira, por um míssil disparado por lançador modelo Buk.

Agência Estado

17 de julho de 2014 | 13h21

O sistema Buk pode disparar mísseis a uma altitude de até 22 mil metros (72 mil pés).

Jornalistas da Associated Press viram um lançador semelhante nas proximidades da cidade de Snizhne, leste da Ucrânia, na manhã desta quinta-feira.

A queda da aeronave foi confirmada pelo serviço de tráfego aéreo da Ucrânia. O primeiro-ministro ucraniano ordenou a criação de uma comissão especial para investigar a queda do avião. O governo ucraniano exige uma investigação internacional sobre o caso.

A empresa aérea informou, por meio de sua conta no microblog Twitter, que perdeu contato com a aeronave, que fazia o voo MH17, quando ela sobrevoava o espaço aéreo ucraniano. O avião fazia o trajeto Amsterdã-Kuala Lumpur. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaaviãoquedaMalásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.