Autoridades ainda caçam felino nos arredores de Paris

As autoridades francesas entraram neste sábado no terceiro dia de caça a um felino avistado nos arredores de Paris, que causou pânico na população local. Quase 300 pessoas, entre policiais, bombeiros e um caçador especialmente convocado trabalham no caso.

AE, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2014 | 13h28

Segundo Cedric Tartaud, da administração da comuna de Montévrain, o "nível de perigo" para a população diminuiu, mas ainda não é possível confirmar a espécie do animal. "Um filhote de tigre tem o tamanho de um lince adulto, e um filhote de lince tem um tamanho de um gato doméstico. A esta altura, não temos a menor pista do que se trata", afirma. Inicialmente, as autoridades acreditavam que poderia ser um tigre, mas pegadas encontradas no solo indicam que se trata de um animal de menor porte. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Françafelinocaçada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.