Antara Foto/Aloysius Jarot Nugroho
Antara Foto/Aloysius Jarot Nugroho

Autoridades anunciam estado de alerta para vulcão na Indonésia

A última erupção do vulcão Merapi foi em 2010 e matou 347 pessoas, além de ter removido de suas casas outras 20 mil

O Estado de S.Paulo

22 Maio 2018 | 04h13

JAKARTA – Autoridades anunciaram na última segunda-feira, 21, estado de alerta para o vulcão mais ativo da Indonésia, o monte Merapi, localizado na ilha de Java, a segunda maior do País. O comunicado ordenou que as pessoas que vivem a três quilômetros do vulcão deixem suas residências.

Merapi entrou em erupção quatro vezes desde a última segunda-feira, 21, liberando uma coluna de 3.500 metros de material vulcânico, poeira e cinzas pela região.

O porta-voz da Agência Nacional de Controle de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, declarou que 660 pessoas que vivem na área de risco foram retiradas de suas casas na manhã desta terça-feira, 22. A Agência Geológica da Indonésia aumentou o nível de alerta de ‘normal’ para ‘cuidado!’ devido ao crescimento na atividade do vulcão.

+ Alpinista capta erupção do monte Merapi na Indonésia

+ Agência alerta sobre o risco de inundações de material vulcânico na Indonésia

Não houve nenhum registro de vítimas e as operações no aeroporto de Ati Sucipto não sofreram interferências.

A montanha de 2.968 metros fica a cerca de 30 quilômetros do centro da cidade de Yogyakarta. Aproximadamente 250 mil pessoas vivem em um raio de 10 quilômetros do vulcão. A última erupção do Merapi foi em 2010 e matou 347 pessoas, além de ter removido de suas casas outras 20 mil. /AP

Mais conteúdo sobre:
Indonésia [Ásia] vulcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.