AFP PHOTO / MATTHIEU ALEXANDRE
AFP PHOTO / MATTHIEU ALEXANDRE

Autoridades buscam confirmar caráter acidental de incêndio que deixou 13 mortos em bar da França

Segundo testemunhos, uma das pessoas que estava no local foi buscar um bolo de aniversário; na volta, tropeçou e deixou as velas acesas caírem no carpete, iniciando o fogo

O Estado de S.Paulo

06 Agosto 2016 | 16h42

PARIS - Autoridades da França continuam as investigações para apurar as causas de um incêndio em um bar de Rouen, no noroeste do país, na sexta-feira, que matou 13 pessoas por asfixia e feriu 6. O local está isolado e polícia procura por provas para confirmar a origem acidental do episódio.

Segundo os primeiras informações divulgadas por agentes oficiais, o incêndio teve início no porão do bar chamado Cuba Libre, situado no centro da cidade, que havia sido alugado por um grupo de jovens com idades entre 18 e 25 anos para a realização de uma festa de aniversário.

Por volta da meia-noite, uma das pessoas saiu para buscar o bolo de aniversário com as velas acesas. Segundo diversos testemunhos, ao descer as escadas, o indivíduo tropeçou, deixando as velas caírem no carpete e provocando o incêndio.

O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, afirmou que 50 bombeiros se deslocaram ao local para apagar o fogo, em um trabalho que durou cerca de 30 minutos. Ele ainda afirmou em comunicado que abriu uma investigação judicial "para determinar as causas do incêndio", o mais mortífero na França desde 2005.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, enviou uma mensagem de condolências aos parentes das vítimas. / EFE

Mais conteúdo sobre:
França Incêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.