Autoridades confirmam 2º caso de Antraz

Autoridades do serviço de saúde da Flórida confirmaram que um colega de trabalho do homem que morreu na semana passada de Antraz foi exposto à bacteria causadora da doença. "Este não é um segundo caso", disse Steven Wiersma, epidemiologista do Estado. "Temos evidência de a pessoa que foi exposta à bactéria", acrescentou. A pessoa infectada está hospitalizada em Miami em condições estáveis. A bactéria foi identificada na mucosa nasal do paciente, após chegar ao hospital doente. As autoridades de saúde não fizeram qualquer menção de terrorismo para justificar a causa da infecção, mas o FBI e as autoridades policiais da Flórida conduzem investigações. Segundo Wiersma, a bactéria foi encontrada no teclado de Bob Stevens, de 63 anos e editor de fotografia do jornal de supermercados The Sun, que morreu da doença na semana passada. Os funcionários da America Media Inc., em Boca Raton, estão sendo encaminhados ao centro de saúde de Palm Beach para receberem antibióticos e devem realizar exames de sangue e de amostras de mucosa nasal.Leia o especial

Agencia Estado,

08 Outubro 2001 | 12h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.