Autoridades da Hungria evacuam local do vazamento de lama tóxica

KOLONTÁR - As autoridades húngaras decidiram evacuar a vila de Kolontár, afetada na segunda-feira, 4, pelo grave vazamento de uma substância tóxica, diante do risco de rompimento da represa, da qual já vazou 1 milhão de metros cúbicos da "lama vermelha", causando, até o momento, sete mortes.

Efe,

09 de outubro de 2010 | 03h17

A agência MTI indicou que a polícia começou a esvaziar o vilarejo durante a noite, após comprovar que a parede do setor, que já se rompeu, estava debilitada.

Tudo o que sabemos sobre:
Lama, Hungría, Morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.