Autoridades de Moscou proíbem feira de livros

A organização de uma feira de livros em Moscou foi obrigada a cancelar o evento após autoridades o considerarem uma potencial "ameaça à ordem pública". Os organizadores passaram semanas negociando com a polícia e outros órgãos da administração, mas não tiveram sucesso. Integrantes da organização veem motivação política no veto.

O Estado de S.Paulo

31 Maio 2012 | 03h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.