Autoridades do Texas desmentem achado de corpos enterrados em casa

Segundo denúncia anônima, local abrigaria 'entre 25 e 30 cadáveres mutilados, inclusive de crianças'

Associated Press

07 de junho de 2011 | 20h44

Atualizada às 22h44

 

Imagem de TV local mostra viaturas policiais próximas ao local da denúncia

 

LIBERTY - Autoridades do Estado do Texas, nos Estados Unidos, disseram pouco depois de 20h locais (22h no horário de Brasília) desta terça-feira, 7, que nenhum corpo foi encontrado na propriedade localizada em Liberty, zona rural do Estado.

 

Fontes locais desmentiram uma informação anterior, divulgada pelas redes de TV CNN e CBS de que "pelo menos 20 corpos esquartejados" teriam sido encontrados em uma casa no sudeste do Estado nesta terça.

 

Mais cedo, as autoridades do Estado disseram ter emitido um mandado de busca e apreensão após receber uma denúncia anônima de que haveria "dezenas de cadáveres desmembrados e enterrados" em uma casa.

 

'Vidente'

 

Segundo a AP, o juiz Craig McNair, de Liberty, disse que a denúncia partiu de uma pessoa que dizia ser "vidente". McNair teria dito que o escritório local da polícia recebeu uma chamada telefônica na noite de segunda-feira. A pessoa dizia que "muitos corpos" estavam na casa, localizada a cerca de 70 quilômetros de Houston. Ainda segundo o juiz, o interlocutor teria dito que alguns dos "corpos enterrados" estavam "desmembrados" e que alguns seriam "de crianças".

 

McNair disse que uma outra propriedade chegou a ser verificada na segunda-feira, mas nada foi encontrado "durante uma busca rápida". O mesmo informante teria então telefonado mais uma vez dizendo que as buscas haviam sido feitas no "lugar errado". Policiais teriam voltado ao local indicado nesta terça-feira. Eles teriam então encontrado sangue na porta traseira da residência e detectado "um odor estranho vindo da casa", segundo a AP e o jornal local Houston Chronicle.

 

'Possível cena de crime' 

Policiais de Liberty no local da denúncia, no final da tarde desta terça-feira 

 

O porta-voz da polícia de Liberty Rex Evans confirmou que a polícia recebeu uma ligação anônima nesta terça relatando que havia "corpos enterrados em uma casa" situada pouco mais de cem quilômetros ao norte de Houston. Mas ele desmentiu a informação de que corpos haviam sido encontrados na casa. "Até o momento não encontramos nenhum corpo", disse por volta das 19h locais (21h em Brasília), em resposta à informação, divulgada pelas redes de TV com base em fontes da polícia, de que "um grande número de corpos" havia sido localizado.

 

Ele disse antes que, seguindo a denúncia, policiais foram enviados então ao local. "Apenas recebemos informações de que haveria uma possível cena do crime aqui", disse Evans ao jornal local. "Até a nossa chegada, determinamos que era necessário um mandado de busca". A investigação começou após a chegada do documento.

 

Proprietário

 

De acordo com o Houston Chronicle, o proprietário da casa, Joe Bankson, foi localizado em Dallas, capital do Texas, em viagem com a esposa. Bankson teria dito ao diário que não "matou ninguém". "Tenho muitos amigos, mas não ajudei ninguém a enterrar cadáveres".

 

Equipes do FBI foram enviadas ao local para ajudar nas investigações. A porta-voz do Bureau em Houston, Kim Barkhausen, afirmou que a ajuda da agência foi solicitada pela polícia local, mas não deu detalhes sobre a denúncia ou sobre as buscas que serão realizadas. Segundo a AFP, as autoridades investigam ainda a existência de um "cemitério clandestino" no local.

 

Com AP e Reuters

Tudo o que sabemos sobre:
TexasEUAinvestigaçãocorpos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.