Autoridades encerram resgate na Turquia

Autoridades turcas encerraram nesta segunda-feira os esforços de resgate quando soldados e funcionários de agências humanitárias começaram a fornecer abrigo e comida a turcos que ficaram desabrigados após um terremoto que deixou pelo menos 43 mortos e danificou mais de 600 construções.Sob condição de anonimato, um oficial do Exército disse que não havia sobreviventes nem corpos nos escombros de edifícios e residências que desabaram na província central de Afyon, onde centenas de pessoas passaram a noite em tendas ou veículos apesar das temperaturas congelantes.O centro governamental de gerenciamento de crises na região estabeleceu em 43 o número final de vítimas fatais e informou que uma contagem anterior, segundo a qual seriam 45 mortos, era baseada em dados que não se sustentaram.Veículos do governo municipal passavam pelas ruas da pequena cidade de Cay e anunciavam por alto-falantes os nomes das pessoas que perderam a vida em decorrência do fenômeno natural. Também eram informados o horário e o local do sepultamento das vítimas.A maior parte das edificações atingidas pelo tremor de 6 graus na escala Richter, registrado ontem, era composta por tijolos velhos ou barro. Autoridades do setor de saúde comentaram que cerca de 300 pessoas ficaram feridas. De acordo com a rede NTV, quatro mesquitas desabaram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.