Autoridades na China desmontam parque temático sexual

Atração que incluía estátuas com enormes genitálias foi considerada vulgar e fechada antes de inauguração.

BBC Brasil, BBC

18 de maio de 2009 | 05h39

As autoridades de Chongging, no sudoeste da China, ordenaram nesta segunda-feira que um parque temático sexual que estava em construção na região fosse desmontado.

Os organizadores diziam que o objetivo da atração, com inauguração prevista para outubro, era melhorar tanto a educação como a vida sexual de seus visitantes.

Mas o veredicto oficial sobre o parque Love Land foi: "Vulgar, mal intencionado e enganoso", de acordo com o jornal estatal, China Daily.

O parque deveria incluir estátuas enormes de genitálias, corpos nus e uma exposição sobre a história do sexo e traria em sua programação workshops sobre técnicas sexuais e métodos para se praticar sexo seguro.

Entre as atrações estaria uma gigantesca estátua rotativa de um corpo feminino da cintura para baixo, praticamente despido.

A decisão não surpreendeu especialistas em cultura e tradições chinesas. O acadêmico Xia Xueluan, um sociólogo da Universidade de Pequim, disse ao China Daily: "Sexo é uma questão privada. Não é para se fazer publicidade."

O diretor do projeto, Lu Xiaoqing, havia dito ao jornal China Daily que resolveu construir a atração depois de ter visitado o popular parque temático sexual de Jeju, na Coreia do Sul.

"O sexo é um assunto tabu na China, mas as pessoas realmente precisam ter mais acesso a informações sobre isso."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.