Autoridades prendem xiitas durante manifestação contra discriminação

Forças de segurança sauditas prenderam ontem manifestantes xiitas na cidade de Qatif. Segundo a agência de notícias oficial do reino, eles teriam ateado fogo a pneus em um protesto ocorrido durante a madrugada. De acordo com a emissora britânica BBC, a manifestação exigia a libertação de presos políticos, entre eles o clérigo xiita Nimr al-Nimr. Há cerca de um ano, habitantes de Qatif têm enfrentado as autoridades locais, protestando por mais direitos para os xiitas e pelo fim da discriminação pelo governo sunita. A agência de notícias xiita Rasid afirmou que centenas de manifestantes participaram do protesto de ontem e vários ficaram feridos por disparos de munição real.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.