Autoridades reduzem número de mortos em Oklahoma para 24

As autoridades reduziram o número de mortos do forte tornado que devastou uma cidade nas proximidades de Oklahoma City para 24, informou o Instituto Médico Legal. Anteriormente, fora anunciado que pelo menos 51 pessoas haviam perdido suas vidas. Equipes de resgate continuam a fazer buscas por sobreviventes em meio aos escombros.

Agência Estado

21 de maio de 2013 | 12h05

A porta-voz Amy Elliot disse acreditar que algumas vítimas foram contadas duas vezes durante o caos inicial após a tempestade. A queda das linhas de comunicação e problemas no compartilhamento de informações com autoridades agravaram o problema, disse ela. Apesar disso, o número de mortos, que inclui sete crianças, deve aumentar.

Em Washington, o presidente Barack Obama prometeu nesta terça-feira ajuda governamental urgente para Oklahoma após "uma das mais destrutivas" tempestades da história da nação.

"Num instante, bairros foram destruídos, dezenas de pessoas perderam suas vidas e muitas outras ficaram feridas", disse Obama na sala de jantar da Casa Branca. "Dentre as vítimas há crianças que tentavam se abrigar no lugar mais seguro que conhecem, sua escola."

O presidente disse também que a cidade de Moore "precisa obter tudo o que precisa imediatamente." As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtornadomortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.