Autoridades renunciam; situação em Gaza "fora de controle"

Os dois principais responsáveis pela segurança nos territórios palestinos da Faixa de Gaza e Cisjordânia apresentaram suas renúncias ao presidente Yasser Arafat, alegando que a situação em Gaza está fora de controle. Segundo um funcionário palestino, o general Amin al Hindi, chefe do serviço de inteligência, e Rashid Abu Shbak, chefe da segurança preventiva na Faixa de Gaza, enviaram suas renúncias via fax para Arafat, que se recusou a aceitá-las, segundo a mesma fonte.Outra autoridade palestina disse que uma reunião do gabinete palestino foi marcada para discutir as demissões e a situação em Gaza, onde três seqüestros ocorreram nesta sexta-feira em menos de dez horas. A autoridade disse que a reunião poderá ser a última do premier Ahmed Korei, mas não deu detalhes.A situação em Gaza vem se deteriorando à medida que grupos radicais e indivíduos ambiciosos buscam fortalecer suas posições antes da retirada de tropas israelenses do território. A capacidade da Autoridade Nacional Palestina (ANP) de impor a ordem vem sendo minada tanto por grupos radicais quanto por ataques israelenses.

Agencia Estado,

16 de julho de 2004 | 18h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.