Autoridades retiram alerta de tsunami após terremoto em Papua Nova Guiné

O tremor de magnitude 6,9 graus na escala Richter que sacudiu a ilha de Nova Bretanha; as autoridades não registram vítimas ou danos materiais

EFE

30 Março 2018 | 01h24

BANGCOC - O Serviço de Alertas de Tsunami do Pacífico suspendeu o alerta de risco de ondas gigantes emitido depois do terremoto de magnitude 6,9 graus na escala Richter que sacudiu a ilha de Nova Bretanha, no leste de Papua Nova Guiné.

"Não há mais risco de tsunami por esse terremoto. Pode haver oscilações menores do nível do mar em regiões litorâneas próximas ao epicentro nas últimas horas", disse o órgão.

+++ Terremoto de escala 6,8 no Pacífico atinge a costa de Papua Nova Guiné

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que registra a atividade sísmica em todo mundo, informou que o hipocentro do tremor ocorreu a 10 quilômetros de profundidade. O tremor ocorreu a 162 quilômetros de Rabaul, em Nova Bretanha.

O terremoto foi seguido de várias réplicas, duas delas de magnitude 5,3. Por enquanto, as autoridades não registram vítimas ou danos materiais.

+++ Terremoto em Papua Nova Guiné deixa dezenas de mortos

Papua Nova Guiné fica sobre o anel de fogo do Pacífico, uma região de grande atividade sísmica e vulcânica atingida por 7 mil tremores por ano, a maioria deles moderada.

O país ainda se recupera do terremoto de 7,5 graus registrado em 26 de fevereiro e que sacudiu a região central da ilha, deixando mais de cem mortos. /EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.