Autoridades tentam firmar a paz palestino-israelense

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, encontra-se neste domingo pelo segundo dia em Damasco, enquanto o Alto Representante para a Política Externa e a Segurança européia, Javier Solana, está em Amã, ambos em uma tentativa de revitalizar o processo de paz palestino-israelense.Abbas chegou ontem pela tarde a Damasco em uma viagem que foi vista como a última tentativa de reunir-se com o chefe do escritório político do Hamas, Khaled Mashaal, exilado na capital síria, com vistas à formação de um Governo palestino de união nacional.No entanto, Abbas só se reuniu com o presidente sírio, Bashar al-Assad, e, segundo fontes palestinas, a reunião com Mashaal foi "adiada pelas diferenças de critério", sem que esteja claro se finalmente se encontrarão neste domingo.A formação de um Governo de união nacional entre o Fatah (partido presidido por Abbas) e o Hamas está sendo discutida há semanas, sem que os dois movimentos cheguem a um acordo, devido principalmente à delimitação de funções entre a Presidência palestina e o Governo.Solana se reunirá em Amã com o ministro jordaniano de Assuntos Exteriores, Abdelelah Khatib, e é provável que seja recebido pelo rei Abdullah, no último lance de sua viagem pela região.Nesta viagem, que o levou ao Egito e aos territórios palestinos e que o conduzirá esta tarde a Israel, Solana explicou a seus interlocutores a importância de confiar na próxima reunião do "Quarteto de Madri" - que será realizada em 2 de fevereiro, em Washington - para reativar o processo de paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.