Avalanche deixa nove mortos na Caxemira paquistanesa

Uma avalanche ocorrida na sexta-feira na região montanhosa da Caxemira paquistanesa causou a morte de nove pessoas, incluindo cinco soldados e quatro civis, segundo comunicado divulgado por militares paquistaneses neste sábado. O incidente foi registrado na área da pequena cidade de Sharda, no Himalaia.

AE, Agência Estado

01 de dezembro de 2012 | 11h08

Os corpos dos nove homens, todos paquistaneses, foram recuperados e há uma operação de resgate em andamento para a busca de outros desaparecidos.

As vítimas estavam a pé quando ocorreu a avalanche e há relatos de que membros da equipe de resgate foram atingidos por um segundo deslizamento.

Avalanches e deslizamentos são comuns na Caxemira, região que se estende do Paquistão à Índia. Em abril, uma avalanche ocorrida no glaciar de Siachen, no lado paquistanês da Caxemira, deixou 140 pessoas mortas, incluindo 129 soldados. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
avalancheCaxemira paquistanesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.