Avalanche soterra 100 soldados no Paquistão

Cerca de 100 soldados paquistaneses foram soterrados neste sábado, depois que uma avalanche atingiu uma base militar em uma geleira do Himalaia, na fronteira com a Índia, informou o exército do Paquistão. Helicópteros, cães farejadores e tropas foram designados para a remota geleira de Siachen em uma missão de resgate, segundo o comunicado militar. Porta-voz do exército, o general Athar Abbas disse não saber se havia sobreviventes.

AE, Agência Estado

07 de abril de 2012 | 09h53

Siachen fica no extremo norte da dividida região da Caxemira, reivindicada pela Índia e pelo Paquistão. Os dois países têm milhares tropas na área, que enfrentam temperaturas desagradavelmente baixas, mal-estar de altitude e fortes ventos por meses. Em um comunicado, o primeiro-ministro paquistanês, Yousuf Raza Gilani, expressou choque em relação ao incidente, que, segundo ele, "não prejudicaria em nada a moral elevada dos soldados e oficiais." As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoavalanchemortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.