Avalanches e enchentes matam 80 no Afeganistão e Paquistão

Pelo menos 51 pessoas morreram e centenas de casas foram destruídas por diversas inundações e avalanches ocorridas nos últimos dez dias no Afeganistão, informaram autoridades locais neste domingo. No noroeste paquistanês, perto da fronteira com o Afeganistão, 29 pessoas morreram e 14 estão desaparecidas devido às recentes avalanches na região, informou neste domingo, 2, a polícia local.Na região central do Afeganistão, o governador de Daykundi disse que todos os distritos da província estão inundados por causa das tempestades e chuvas de granizo que caíram na região entre quinta e sexta-feira.Ao todo, 31 pessoas morreram em Daykundi por causa de avalanches e inundações ocorridas nos últimos dez dias disse ele. Mais 20 pessoas morreram em outros incidentes relacionados nas província de Parwan, Nangarhar e Herat.As inundações também destruíram 781 casas e provocaram a morte de mais de 4 mil cabeças de gado, disse Uruzgani.No Paquistão, seis sobreviventes foram resgatados, três deles feridos, depois de avalanches ocorridas no último sábado, disse Ijaz Ahmed, um policial de Chitral, perto da fronteira com o Afeganistão. As fortes nevascas dos últimos dias na região deixaram 1,8 metro de neve em Chitral, 270 quilômetros a noroeste de Islamabad, disse Ahmed. "Todas as estradas estão bloqueadas pelos deslizamentos. Não há acesso à região", declarou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.