Avaria em montanha-russa deixa 16 pessoas de cabeça para baixo na China

A parada na parte mais alta do brinquedo pode ter sido causado por ventos fortes

02 de janeiro de 2008 | 04h02

Os 16 passageiros de uma montanha-russa no leste da China terminaram o ano passando meia hora de cabeça para baixo, devido a uma avaria da atração justo quando estava na parte mais complicada do trajeto, informou hoje o jornal "South China Morning Post". O incidente ocorreu em um parque de atrações da cidade de Wuhu, chamado "O Mundo da Alegria", na tarde da segunda-feira, quando os vagões da montanha-russa pararam na parte mais alta do trajeto, com os passageiros de cabeça para baixo. Aparentemente, o forte vento no local foi o responsável pela avaria no brinquedo. Depois de resgatados, seis dos passageiros tiveram de ser hospitalizados com enjôos e ansiedade.

Mais conteúdo sobre:
Chinamontanha-russaparada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.