Aves são mortas por tornados em granjas do Alabama

Autoridades do Estado norte-americano do Alabama estimam que até 25% de suas granjas foram destruídas ou danificadas pelos tornados de ontem provavelmente matando milhões de aves, conforme reportagem do Wall Street Journal. Pelo menos 280 pessoas morreram no sul dos Estados Unidos em consequência de um forte sistema de tempestades que atingiu a região nos últimos dois dias.

AE, Agência Estado

28 de abril de 2011 | 20h55

O governo do Alabama - terceiro maior Estado produtor de frango dos Estados Unidos, depois do Arkansas e da Geórgia - informou hoje que relatos preliminares indicam destruição de cerca de 200 granjas e danificação de outras 180.

Autoridades agrícolas do Alabama encontram dificuldades para avaliar os danos, pois muitas estradas rurais estão intransitáveis. Da mesma forma, a eletricidade e os sistemas telefônicos não funcionam em muitas áreas.

"Antecipamos que o número de aves mortas é substancial e atualmente estamos trabalhando com as companhias, junto a seus produtores, para determinar todos os danos", disse o veterinário estadual Tony Frazier. A indústria de frangos fatura bilhões de dólares no Estado, onde cada granja costuma abrigar cerca de 20 mil aves. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtornadomorteaves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.