Aviação da França ataca posições de rebeldes

A aviação francesa prosseguiu ontem nos bombardeios a posições de insurgentes islâmicos no território controlado por eles no norte do Mali, abrindo caminho para o avanço do Exército malinês, segundo o enviado especial do Estado ao país, Lourival Sant'Anna. Um morador de Ansongo, perto da fronteira com o Níger, disse à agência alemã DPA que os militantes deixaram a cidade, em razão dos ataques. Na cidade de Timbuctu, uma das mais importantes sob controle rebelde, posições dos insurgentes também foram bombardeadas ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.