Aviação de Israel mata três adolescentes em Gaza

Três pastores palestinos de 14, 15 e 16 anosforam mortos nesta quinta-feira atingidos por um foguete lançado por um avião monitorado por controle remoto no norte de Gaza, informaram fontes médicas e policiais da Autoridade Nacional Palestina (ANP). O ataque aconteceu na localidade de Beit Lahia, perto da fronteira da Faixa de Gaza com Israel. Segundo as fontes palestinas, no ataque morreram também várias ovelhas e cabras conduzidas pelos pastores. O Exército israelense sustenta que o ataque aéreo, por controle remoto, tinha como alvo milicianos palestinos que nesta quinta-feira retirariam do terreno duas plataformas móveis usadas para lançar dois foguetes Qassam contra a localidade de Sderot. Um dos projéteis causou graves danos a uma casa, mas nenhuma vítima, porque os moradores não estavam no local. Antes do ataque aéreo, um tiro de tanque causou a morte de uma pessoa e feriu pelo menos seis palestinos, a maioria crianças, durante uma incursão de tropas israelenses em Rafah, ao sul de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.